segunda-feira, 30 de março de 2009

Cansaço mental

Sinceramente, devo estar com algum tipo de cansaço mental, comecei a semana pensando que iria me inspirar, estou lendo, novamente, Budapeste, do Chico Buarque, mas, definitivamente, me assusto com o quão ele é bom!

Mas tentarei escrever algo bom aqui, hoje...





Saga do Véi Nu!





Ep. 01 - Como tudo começou!





Em um local remoto do interior baiano, nascia alguém que não seguiria os padrões da natureza, pode parecer estranho, mas ao nascer, não numa maternidade, mas em sua casa, com a ajuda de uma parteira, ele fitou os olhos da tal parteira e disse:
- Vem sempre por aqui?
A parteira não acreditou no que acabara de acontecer, mas apesar de atordoada, fez o que era de costume, deu uma palmada na sua bunda, para fazê-lo chorar, mas ele falou novamente:
- Então você gosta desse lance de sadomasoquismo? Interessante...

E foi assim, sua, frustrada, mas primeira tentativa de iniciação sexual, com o sexo oposto.

Ao notar uma certa desenvoltura na fala, sua mãe resolveu matriculá-lo na pré-escola. Primeiro dia da escola, ele já reparava na variedade de garotas, na sua turma, estava extasiado, os feromônios infantis o deixava louco, mas após pegar na bunda de uma de suas coleguinhas, e ouvir o grito dela, sentiu um aroma que o deixou inebriado, a professora se aproxima dele, o silêncio se instaura na turma, o último grito de "Ninja Jyraia" se ouve, e então o silêncio é absoluto, o, ainda, Jovem Nu, olha a professora, dos tornozelos até o rosto, num olhar tão meticuloso e concentrado, que é capaz de ouvir o som dos olhos percorrendo o corpo, a professora se pronuncia, num tom severo:
- Então mocinho?
Uma das sobrancelhas do nosso jovem Fábio Jr. se ergue, e ele fala:
- Vamos pra um lugar mais reservado, ou você acha que esse pessoal não vai entender o que iremos fazer?




Continua...

2 comentários:

  1. mais uma série pra eu acompanhar

    ResponderExcluir
  2. hxuahuhsauxhsuashus,
    tbm quero creditos viu Pepe !?
    muito bom !

    ResponderExcluir